Vereador protocola denúncia sobre a ACESC no Ministério Público

O vereador Fernando Hallberg foi procurado na manhã desta sexta-feira (17) por uma família de Cascavel que perdeu há poucos dias um ente querido que estava em tratamento na cidade de Campo Largo – PR.

O falecimento aconteceu no dia 15 de fevereiro e o corpo precisava ser transladado para Cascavel para que fosse realizado o velório e o sepultamento.

Ao procurar a ACESC, a filha do falecido descobriu que não poderia ser translado por esta Autarquia Municipal pois a mesma encontra-se sem Alvará de funcionamento, e mesmo que o carro da ACESC fosse deslocado para Campo Largo, a Central de Luto Campo Largo não liberaria o corpo.

Em contato com a Central de Luto a mesma informou que isso já aconteceu outras vezes e que desde 2012 a ACESC não tem Alvará.

A família não tendo alternativas neste momento difícil, contratou a empresa Funerária São Camilo de Campo Largo – PR, para realizar o transporte ate Cascavel.

O corpo foi velado na ACESC em Cascavel.

Os vereadores Fernando Hallberg e Policial Madril protocolaram no inicio desta tarde uma denúncia ao Gaeco, para que o mesmo investigue possível improbidade administrativa, pois se confirmada a versão de que desde 2012 a ACESC não tem Alvará, obviamente o antigo gestor não pode alegar desconhecimento dessa situação.

 A ACESC não poderia estar atuando nem localmente sem alvará.

 


Quer acesso em tempo real a tudo que está acontecendo sobre a COVID-19 em Cascavel?

Entre em nosso grupo de notícias no WhatsAPP!
Entrar no Grupo