Operação da Polícia Civil investiga fraudes em obras denunciadas por Hallberg

Após denúncia apresentada pelo vereador Fernando Hallberg (PDT) em abril de 2019, foi deflagrada nesta segunda-feira (1º) uma operação da Polícia Civil do Paraná para cumprir três mandados de busca e apreensão em Cascavel. A operação investiga fraudes na fiscalização e execução de contrato de prestação de serviços de reforma e manutenção nas unidades de saúde do Município. A suspeita é de corrupção ativa e corrupção passiva.

No ano passado, Hallberg entregou ao Ministério Público uma coletânea de fatos mostrando que as planilhas entregues para a empresa que fazia a reforma das Unidades de Saúde estavam incompletas. Para corrigir os problemas, uma nova licitação foi feita e uma segunda empresa foi contratada. Na denúncia, Hallberg mostrou que todas as notas fiscais estavam sendo assinadas pelo mesmo fiscal de obra, funcionário comissionado da prefeitura que nem mesmo era o titular da função. O vereador descobriu ainda que o fiscal havia reformado sua própria casa e feito concertos em seu carro particular com recursos pagos diretamente pela empresa vencedora da licitação.

A investigação apura ainda a duplicidade de notas, medição das obras adulterada e suposto recebimento de vantagens indevidas para dar o aval de obras entregues de forma irregular.

Fonte: https://www.camaracascavel.pr.gov.br/noticias/item/8966-operacao-da-policia-civil-investiga-fraudes-em-obras-denunciadas-por-hallberg.html



Quer acesso em tempo real a tudo que está acontecendo sobre a COVID-19 em Cascavel?

Entre em nosso grupo de notícias no WhatsAPP!
Entrar no Grupo