Hallberg protocola no Gaeco denúncia sobre licitação de impressoras

O vereador Fernando Hallberg (PPL) protocolou no Gaeco nesta quarta-feira (09) a denúncia que estaria havendo direcionamento na licitação promovida pela prefeitura para locação de impressoras. “O documento protocolado hoje indica o possível favorecimento ilícito e direcionamento do objeto da licitação e probabilidade de grave infração financeira e operacional ao município”, explica o vereador.

A denúncia refere-se ao Pregão Presencial nº 30/2017 – Registro de preços para a prestação de serviços de impressão, cópia monocromática e colorida e digitalização de documentos além de suporte técnico pelo período de 12 meses.  “Chama a atenção a especificidade técnica de que somente uma marca no mercado (Kyocera) poderia suprir a demanda e de que a Printer do Brasil já estaria estabelecida como vencedora do certame, inclusive com as máquinas já prontas para serem utilizadas”, explica Fernando Hallberg. Além disto, afirma o parlamentar, houve encarecimento do valor individual da cópia para o município.

Nos documentos, Fernando Hallberg questiona ainda por que não foi feita a licitação por itens ou lotes e também a separação entre valor de mão de obra e materiais, garantindo assim a competitividade do certame, tal como aconteceu em outras licitação da prefeitura.

Assessoria de Imprensa/CMC

 



Quer acesso em tempo real a tudo que está acontecendo sobre a COVID-19 em Cascavel?

Entre em nosso grupo de notícias no WhatsAPP!
Entrar no Grupo